RADIO GESSO

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Audiencia com os profissionais do Samu


 Nesta sexta-feira (20), Fernando Santana, secretário-adjunto do Gabinete do Governador Camilo Santana, participou no Crato de reunião com enfermeiros, técnicos em enfermagem e condutores socorristas do Samu. Na pauta, a discussão sobre a demissão de funcionários da cooperativa que atende o Samu nos municípios do Cariri Oeste e tem o Crato como base da coordenação regional.
As principais reivindicações dos funcionários foram a requadração de todas as dispensas na empresa e a reavaliação da coordenação do Samu no Ceará, que por contenção de despesas e reajustes no quadro de pessoal determinou o fim da Central de Material de Esterilização (CME),orientando que todos o material usado por socorristas e médicos passem a ser esterilizados nos hospitais de cada município.

Na avaliação dos funcionários, a medida além de trazer risco para os pacientes é também responsável pelo acréscimo no números de demissões que a empresa terá de cumprir. "Além do mais, as demissões e medidas adotadas pela coordenação estadual, não se justifica, pois em nada altera ou diminui os valores repassados pelo estado à cooperativa", argumentou a técnica em enfermagem Maria de Fátima Silva.
Presente ao encontro, Fernando Santana se comprometeu em agendar uma reunião em Fortaleza na próxima semana com representantes dos servidores e da cooperativa contratada pela Secretaria de Saúde do Estado, com o secretário da pasta Henrique Javi. "Estou ouvindo vocês hoje e em Fortaleza, na próxima semana, vou ouvir o secretário Javi. Tenham certeza que vou fazer o melhor possível por vocês. Vamos sentar juntos e resolver esse problema", assegurou o secretário-adjunto do Gabinete do Governador.
Estiveram também presentes na reunião a defensora pública do Crato, Janaína Nobre; o procurador do Crato, Fabiano Brasil, o diretor da Cooperativa Pro-Hospitalar (Coaph) Newton Lacerda; e a advogada da cooperativa Socorro Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário