RADIO GESSO

domingo, 8 de janeiro de 2017

Plantão policial

Entre as 16 horas deste sábado e o início da madrugada de domingo três homicídios foram registrados na região do Cariri, sendo dois em Juazeiro do Norte e o outro em Farias Brito. No caso de Juazeiro já são oito homicídios este ano e um total de 11 no Cariri ao incluir os assassinatos de Farias Brito, Aurora e Crato.
Por volta das 16 horas de sábado, ao lado da Quadra Esportiva da Escola Maria Carmosina nas imediações do Rio Carius em Farias Brito, o gari identificado apenas por Luciano que residia na Rua do Cruzeiro naquele município, foi morto a tiros. O mesmo era usuário de drogas e tinha passagens pela polícia, sendo que um suspeito do crime foi preso e está sendo averiguado.
Três horas e meia depois, no cruzamento das ruas Domingos Sávio e Santa Tereza (Pio XII) em Juazeiro, Francisco de Oliveira, de 35 anos, o “Nego Ciro” que residia naquele bairro, foi morto com cerca de dez tiros. Ele trabalhava no mercado central e era um dos organizadores do reisado do bairro Pio XII. O acusado fugiu num carro de cor preta e os profissionais de saúde do SAMU apenas atestaram o óbito no local.
Já no início da madrugada deste domingo, no cruzamento das ruas Joaquim Cruz e João Rocha (Aeroporto) em Juazeiro do Norte, uma pessoa do sexo masculino foi lesionada com uma facada no peito esquerdo. O homem terminou socorrido às pressas por populares à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Limoeiro, mas já chegou sem vida.

Eis os outros homicídios deste ano no Cariri:

DOMINGO (01)
Jesualdo Gonçalves da Silva, de 30 anos, foi morto a tiros em Juazeiro
Jonas Batista de Lima Cardoso, de 26 anos, foi morto a tiros em Juazeiro
Carlos Eduardo Blandino dos Santos, de 19 anos, foi morto a tiros em Juazeiro

SEGUNDA-FEIRA (02)
José dos Santos, de 43 anos, era conhecido por "Dé Bagaceira", morto a tiros em Juazeiro

TERÇA-FEIRA (03)
Antonio Ferreira de Lima, de 52 anos, foi morto a tiros em Aurora.
Igor Bezerra da Silva, de 20 anos, foi morto a tiros em Juazeiro

QUARTA-FEIRA (04)
Lúcio Ramires Clemente de Sousa, de 33 anos, foi morto a tiros em Juazeiro
Saymon Ramon Rodrigues Parente, de 20 anos, foi morto a tiros em Crato.

(miseria. com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário