terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Mulher de 70 anos foi morta pelo marido com um golpe de machado em misao velha

Uma mulher foi assassinada nesta terça-feira na zona rural de Missão Velha se constituindo no primeiro homicídio do mês de fevereiro no município e o quinto do ano. O crime aconteceu no Sítio Saco, onde Maria Leuzanira de Sousa, de 70 anos, residia com o marido Cícero Silvestre da Silva, de 53 anos. Por volta das 08h30min ele estava com um machado em punho e desfechou um golpe atingindo-a na cabeça.
A aposentada foi socorrida às pressas por populares ao hospital e, devido à gravidade dos ferimentos, terminou transferida ao Hospital Santo Antonio de Barbalha, onde faleceu às 12h30min. Na hora do crime a polícia de Missão Velha foi avisada e uma patrulha com o Sargento Paulo, o Cabo Jaidy e o Soldado Renê estiveram no Sítio Saco e prenderam o acusado.
Cícero Silvestre foi ouvido e autuado em flagrante na Delegacia de Missão Velha e já se encontra recolhido à cadeia pública à disposição da justiça. O homem apresenta momentos de lucidez, porém, em vários momentos, mistura a conversa. Sobre o crime disse que alguns homens estavam rodeando sua casa para matá-lo e tentou afugentá-los quando, somente depois, notou que tinha atingido sua mulher na cabeça. Ele próprio chega a falar em surto e deve ser submetido a um exame de sanidade mental. 
Foi a primeira mulher morta este ano no Cariri e o último caso de assassinato de uma pessoa do sexo feminino em Missão Velha tinha ocorrido no dia 30 de julho de 2014. Diala dos Santos Nascimento, de 27 anos, que residia na Rua Coronel José Dantas, 1823 no centro da cidade, foi morta a tiros na Churrascaria do Betinho onde trabalhava. O autor dos disparos foi seu ex-companheiro José Laureano dos Santos, de 45 anos, o “Zé de Irene”. Ele morava no Sítio Caiçara, tinha um filho com a vítima e, na fuga, trocou tiros com a polícia e tombou morto.

(miseria.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário