quarta-feira, 29 de março de 2017

População do Crato dorme enfrente ao posto de saúde para conseguir atendimento médico

Pessoas que buscam atendimento médico no Centro de Especialidade do Crato, o antigo Posto da Grota vem enfrentando sérias dificuldades para conseguir consultas.

Segundo relatos das pessoas a via-crúcis para conseguir uma ficha no posto de saúde que abre às 7 horas da manhã começa no dia anterior.

As fichas distribuídas para atendimento são limitadas e se esgotam minutos após a abertura do centro médico. Assim, quem necessita do serviço público precisa pernoitar na porta e enfrentar os perigos da noite em uma rua que não segurança.

Segundo a Constituição Federal a saúde é direito de todos e dever do Estado ( no caso Prefeitura do Crato) , garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução dos riscos de doença e de outros agravos e o acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.


Tal preceito é complementado pela lei 8.080/90, em seu artigo 2º: “A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado ( no caso Prefeitura do Crato)  prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário