RADIO GESSO

sexta-feira, 24 de março de 2017

Trio e detido por maus tratos a idosos e deficientes no Crato

Três pessoas foram detidas em flagrante na tarde de quinta-feira (23), no Crato, sob suspeitas de maltratarem idosos e deficientes mentais em um abrigo clandestino. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um dos envolvidos no crime seria o pastor evangélico, identificado como Daniel Gonçalves de Alencar, de 44 anos, também proprietário do espaço. Após recebimento de denúncia anônima, a operação denominada "Cova dos Leões" fechou o abrigo, que funcionaria de forma precária e clandestina, na zona rural da cidade. Por meio de um mandado de busca e apreensão, os policiais seguiram até a localidade de Baixio Verde e verificaram que o imóvel funcionava em situações insalubres. A Polícia encontrou no local 13 idosas e deficientes mentais, de faixa etária entre 30 a 70 anos. Em uma das vítimas foram constatadas diversas escoriações nas costas e mordidas provocadas por animais. Outra idosa seguiu para uma das unidades de saúde da região, onde permanece internada apresentando diversos problemas de saúde. De acordo com a pasta, além do pastor, foram detidas Valéria Maria de Oliveira Brito, 46, esposa de Alencar, e Maria Liliane da Silva, 19, que seria a responsável pelos cuidados aos idosos. Os suspeitos estariam em posse dos cartões para sacar os valores dos benefícios das vítimas. O trio foi autuado por crime contra o idoso, maus tratos e cárcere privado. A SSPDS ressalta que as vítimas foram encaminhadas para as casas de familiares e abrigos regulamentados em Juazeiro do Norte.
Fonte- Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário