RADIO GESSO

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Câmara do Crato - Resumo da sessão de 12 de junho


Na abertura do Pequeno Expediente, o vereador Roberto Anastácio (Podemos) ressaltou a economia que o presidente da Câmara, Florisval Coriolano (PRTB) tem feito e permitirá a construção de uma sede própria para o Poder Legislativo cratense e pediu, ainda, solução para a problemática da iluminação pública e o retorno do Zona Azul.

Pedro Lobo (PT) destacou requerimentos que fez esta semana para que o Comitê Integrado de Convivência com as Secas realize uma sessão itinerante em Crato. No outro requerimento, o vereador solicita a instalação no município do Centro de Triagem de Animais Silvestres. 

Amadeu de Freitas (PT) registrou a realização da primeira Conferência Municipal da Mulher, em Crato, parabenizou o setor de imprensa da Prefeitura pela reformulação do site institucional do município. O parlamentar informou que pretende participar de um seminário para discutir o Plano Nacional de Educação, que ocorrerá em 5 de julho.

Ticiana Cândido (PSDB) destacou visita a comunidades do Crato, através das quais recebeu informação de que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos está paralisado. A vereadora pede, em requerimento, informações ao setor responsável pelo serviço na Prefeitura.

Adil Sampaio (PSC) pediu providências ao Demutran depois de ter enviado ofício e não ter recebido resposta. Ele também citou uma campanha para ajudar um morador do bairro Seminário com despesas médicas.

Pedro Alagoano (PSD) Pediu celeridade para solucionar problemas ligados à iluminação pública e para o retorno do Zona Azul. Destacou que câmaras de vereadores em cidades menores do que o Crato possuem sede própria para comentar a necessidade de o Poder Legislativo cratense ter a sua sede. 
Também pediu agilidade na resolução dos encaminhamentos feitos pela Câmara a órgãos, setores e entidades e solicitou políticas públicas para o trânsito, especialmente no período da ExpoCrato, assim como fiscalização quanto ao valor cobrado em estacionamentos durante o evento.

Jales Velloso (PSB) Solicitou sensibilidade da prefeitura para que médicos sejam enviados aos postos de saúde que estão sem contar com esses profissionais e voltou a pedir uma passagem no canal do Rio Grangeiro, próximo ao Conjunto Vitória Nossa.

Thiago Esmeraldo (PP) informou ter participado da posse da Desembargadora Nailde Pinheiro na Presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. O parlamentar ainda solicitou que o eleitorado no município do Crato seja 100% coberto pela biometria e que bairros sejam atendidos com quadra de areia para a prática de vôlei e futevôlei e pelo Projeto Crato em Ação, que desenvolve atividades físicas para pessoas da terceira idade. As duas ações são realizadas no Seminário.

O vereador Lunga (PSD) solicitou receituários médicos para posto de saúde no distrito Dom Quintino, assim como a limpeza na parede do açude daquela localidade.

Maurício Almeida (PDT) reiterou solicitação para que as faixas de pedestre sejam retocadas, dada a proximidade da ExpoCrato.

Florisval Coriolano (PRTB) informou que tem se esforçado para conseguir a cessão do prédio da Justiça do Trabalho, desativado há anos em Crato, para reforma-lo e torna-lo a nova sede do Poder Legislativo municipal.
Líder do prefeito na Câmara, Renan Almeida (PEN) informou que já foi feito chamamento público para instalação do Zona Azul. Ao tratar sobre a falta de médicos, ressaltou que todos os profissionais que participaram de seleção para esta vaga já foram contratados e boa parte desistiu de assumir ou permanecer no cargo. Ele também respondeu a questionamentos sobre receituários médicos ao afirmar que não podem ser distribuídos aleatoriamente, sem um controle.

A Câmara ainda recebeu a visita do historiador Antonio Lima que embasou parte de projeto do vereador Amadeu de Freitas sobre o nome de algumas ruas do bairro Batateiras.
Em termos de votação, foram aprovados a concessão de titulo de cidadão cratense ao médico Dr. Cory; medalha de honra ao mérito à enfermeira Kyare Christie Oliveira de Brito Trezzi; a denominação de Praça Paes Barreto o logradouro localizado na sede do Distrito de Ponta da Serra; e outro projeto, que altera a redação do inciso sétimo do artigo primeiro da Lei nº 924 de 11 de maio de 1972 e dá outras providências.

A Câmara volta a se reunir na manhã desta terça-feira, a partir das 9 horas. Às 10 horas uma Audiência Pública debaterá a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2018.



Nenhum comentário:

Postar um comentário