RADIO GESSO

>

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Homicídio na cidade de Grangeiro

Quase um ano e dois meses após, novo homicídio foi registrado no município de Granjeiro na região do Cariri. Por volta das 18 horas desta quinta-feira o comerciante Marcos Stênyo dos Santos Granjeiro, de 30 anos, que morava na Avenida Emanoel Marques Cordeiro, 180 no centro, foi executado a tiros dentro de sua churrascaria situada na Praça Mariano Brito na orla do Açude Junco. A única informação conseguida pela polícia foi passada por um garçom que trabalhava com a vítima.

Segundo o funcionário, um homem de boné que jamais tinha visto chegou ao estabelecimento pedindo uma cerveja e conversou por cerca de 10 minutos com Marcos. Logo depois, sacou uma arma de fogo e efetuou os disparos quando o comerciante tombou sem vida próximo do balcão ao tentar fugir da linha de tiros. O acusado fugiu em seguida e as informações sobre o transporte usado pelo mesmo são difusas.

A polícia foi avisada e a patrulha do destacamento local com os Sargentos Policarpio e Santos e o Soldado Jadeilson esteve no local e até diligenciou sem o êxito de encontrar o acusado. Segundo os PMs, Marcos Stênio não tinha passagens pela polícia e o crime se encontra envolto em mistério. O rabecão foi acionado e o corpo do comerciante terminou trazido para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro.

Este foi o primeiro homicídio deste ano em Granjeiro em cujo município o último assassinato tinha ocorrido no dia 24 de maio do ano passado quando o aposentado Abel Guedes dos Santos, de 77 anos, teve sua casa invadida pela madrugada por homens à procura de dinheiro. Ele morava sozinho no Sítio Canabrava dos Gregórios e o imóvel se encontrava bastante revirado, sendo que a vítima estava com os pés amarrados com cordas.

FONTE-MISERIA


Nenhum comentário:

Postar um comentário