Usuarios On-line


quinta-feira, 25 de março de 2021

BRAVOS DA SAÚDE



Apesar de todos os percalços e sofrimentos por perdas e danos, essa pandemia veio revelar a importância de uma categoria essencial em todos os tempos em nossas vidas: os profissionais de saúde.

Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Farmacêuticos, Técnicos em Enfermagem, Agentes de Saúde e Socorristas, além de uma gama enorme de profissionais que atuam desde o administrativo à portaria e serviços de limpeza dos hospitais e unidades de saúde. 

De repente, o mundo todo pareceu ter sido tragado por uma atmosfera que reflete um estado de guerra. O mundo inteiro passou a precisar de mais oxigênio e as pessoas passaram a precisar de cuidados intensivos. Assim como nas guerras, hospitais de campanha foram e continuam sendo montados para salvarmos as nossas vítimas de um inimigo invisível que atende por Coronavírus. 


 


Mas, diferentemente das típicas guerras, batalhas e guerrilhas já vistas, eles, que nelas eram vistos apenas como assistentes, assumiram, prontamente, o posto de combatentes. Entretanto, combatentes diferenciados, guerrilheiros ou guerreiros da paz, que, ao invés de fuzis, metralhadoras, ou qualquer outra arma letal, utilizam como arsenal a solidariedade, a ética, o humanismo, o profissionalismo por excelência na arte e na técnica nem sempre tão fácil, nem sempre possível, de salvar vidas. Mas a dúvida para eles não existe, em seu lugar, impera a meta de salvar, de fazer respirar, de colaborar para o viver, para o sobreviver. Estão na linha de frente, não como imperadores, mas como servos do bem, se não construtores, ao menos, inspiradores e lutadores em dar ao outro, seja quem for, independentemente de origem, etnia, credo religioso ou político, um sopro de vida ou a esperança na recuperação e na cura.



Difícil seria conseguir descrever em súmula tantos significativos dons em nossos profissionais de saúde que não medem esforços para salvar vidas, de modo significativo nessa pandemia. A eles foi designada a sagrada missão, ainda que no percurso, assim como nas grandes guerras, o esforço lhe custe não só o sofrimento de ver o indescritível, o difícil de se ver, mas também a própria vida ou o distanciamento de suas famílias. Mas nossos heróis também sabem que a união faz a força, e que todo esforço somado, ainda que por cuidados individualizados, a vitória sobre o vírus e as variantes do novo Coronavírus, com o apoio de governantes, da sociedade e de toda a população, é resultado certo e pode, sim, já estar se anunciando com mais luminosidade que há um ano atrás, quando se iniciou a incidência dos casos da Covid-19.  

As imagens são em Granja, Groaíras e Massapê, na Região Norte, mas revelam o retrato fiel da batalha dos profissionais de saúde e das prefeitas municipais Juliana Aldigueire e Aline Albuquerque, assim como o prefeito Adail Melo e tantos outros que nos servem como exemplo da sensibilidade e espírito de luta no esforço somado em salvar a vida dos nossos irmãos, no esforço de imunizá-los contra a Covid-19 no interior cearense.