Usuarios On-line


segunda-feira, 22 de março de 2021

Pedro Lobo: " atualização dos cadastros das famílias junto á Caixa e á Ação Social atrasou entrega das casas", informou responsável pela construtora



Antes da sessão ordinária da Câmara Municipal, desta segunda-feira (22), os vereadores discutiram em audiência pública, quais os motivos que têm retardado a entrega das 982 unidades habitacionais, do Residencial São Bento 1 e 2, do Minha Casa Minha Vida, no município do Crato. 

O debate contou com a presença dos secretários municipais Ticiane Cândido (Ação Social) e Ítalo Samuel (Infraestrutura), do gerente do setor de Habitação da Caixa Económica Federal -.José Costa Jr e do engenheiro responsável pela Construtora Morefácil - Dr André Montenegro. 

O vereador Pedro Lobo (PT), autor da proposta  que requereu a audiência pública, falou sobre  a discussão  e o que foi  encaminhado para resolver o impasse e, finalmente, proporcionar a entrega ás 982 famílias contempladas, através de sorteio, suas casas e a concretização de um sonho. 

Pedro Lobo disse que a audiência foi muito objetiva, com informações seguras, repassadas pelos representantes do Município e dos entes, responsáveis pelo processo de seleção das famílias e construção da obra, Caixa Económica Federal e construtora, respectivamente. 

"A demora da atualização dos cadastros das  famílias junto á Caixa e á Ação Social atrasou a entrega das casas", segundo o responsável pela construtora, Dr André Montenegro, afirmou o vereador.  "O engenheiro assegurou que a obra física está praticamente pronta, quase cem por cento concluída, restando agora, as famílias resolverem suas pendências e atualizarem seus cadastros, para em seguida, marcar a data da entrega, tão aguardada, " disse Pedro Lobo. 

Sobre o que ficou encaminhado para acelerar a atualização de cadastros, Pedro informou que a gestão municipal, através da Secretaria de Ação Social e outros setores, fará uma força  tarefa para localizar as famílias contempladas e que precisam fazer a atualização.

"Tanto a Câmara Municipal como a construtora se ofereceram a colaborar com a logística para que o processo seja feito o mais rápido possível, afirmou Pedro Lobo. 

" A entrega das casas proporcionará ás 982 famílias, economia com a eliminação do aluguel e dignidade, por estarem morando em seu próprio imóvel, objetivos do Programa Minha Casa Minha Vida, quando foi criado em 2009, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ressaltou Pedro.