Usuarios On-line


sábado, 3 de abril de 2021

3 EM CADA 4 BRASILEIROS CONCORDAM QUE A CIRCULAÇÃO DE PESSOAS EM LOCAIS PÚBLICOS DEVE SER RESTRINGIDA NESTA FASE DA PANDEMIA DA COVID-19



É o que indica uma pesquisa do realizada pelo Instituto DataSenado, do Senado Federal, que avaliou a opinião das pessoas sobre as medidas impostas pelos estados e municípios para conter a disseminação do coronavírus.

Para 78% dos entrevistados, a circulação de pessoas em locais públicos deve ser limitada. Entre esses, 51% acham que a restrição deve ocorrer o dia todo, o chamado lockdown. Para outros 45%, a restrição deve ser menos rígida, durante apenas parte do dia.

Em cada dez brasileiros, sete acham que este ano está pior do que 2020. E a maioria acredita que tanto a crise econômica quanto a crise na saúde vão piorar nos próximos três meses.

Também cresceu o percentual de brasileiros que afirmam que a pandemia está afetando muito a própria vida, em comparação à pesquisa realizada em julho de 2020.

Com esse perfil, a maior parte da população mostra-se favorável à campanhas educativas que propaguem informações de segurança contra a contaminação