Usuarios On-line


quinta-feira, 29 de abril de 2021

Idosos poderão tomar 2ª dose da vacina fora do prazo recomendado



Foto: Ascom Sesa

A Prefeitura de Fortaleza está tendo que lidar com a falta de doses do imunizante Coronavac, paralisando a aplicação da vacina até a chegada de novas doses. Enquanto os idosos que foram agendados para receber as doses deverão esperar um pronunciamento da Secretaria de Saúde, a gestão ainda analisa os casos das pessoas que receberam apenas uma dose.

O intervalo correto entre a primeira e a segunda dose da CoronaVac é de 28 dias. Porém, com a ausência do imunizante, alguns idosos poderão tomar a segunda dose fora do prazo. De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) acerca do novo esquema de vacinação que deve atender ao problema:

“O Ministério da Saúde orienta que sejam evitados atrasos. No entanto, caso ocorra, o esquema vacinal deverá ser completado com a administração da segunda dose o mais rápido possível”.

A pasta cita, como empecilhos que dificultaram a aplicação das doses, o fato de alguns municípios terem usado a quantidade de vacina repassada da segunda dose para a aplicação da primeira dose.