Usuarios On-line


quarta-feira, 10 de março de 2021

Ceará recebe 8º Lote de Vacina Anti Covid





O Ceará recebeu, no final da manhã desta quarta-feira (10), mais 109.800 doses da Coronavac, nesta que é a oitava remessa de Imunizantes para o Estado e vai ser destinada aos idosos a partir de 75 anos e trabalhadores da Saúde, primeira e segunda doses.

O público-alvo faz parte dos grupos prioritários da primeira fase do Programa Nacional de Imunização (PNI).

As doses já estão sendo distribuídas para os municípios cearenses seguindo a Logística adotada pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) tem mantido constante contato com o Ministério da Saúde e os laboratórios em todo o Mundo que produzem o imunizante.

Camilo destaca o esforço do Ceará, e dos outros Estados, para adquirir Vacinas o mais rápido possível e acelerar a Imunização no Estado.

Em publicação nas Redes Sociais, o governador Camilo Santana comentou sobre o ritmo de produção e distribuição das Vacinas em todo País, e reafirmou que tem buscado alternativas para acelerar a imunização da população. 

- Por isso, temos conversado periodicamente com o Ministério da Saúde, Fiocruz e Butantan, para cobrarmos mais agilidade nesse processo, além de estarmos em contato com outros laboratórios para viabilizarmos a compra direta de imunizantes”, garantiu.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), o Ceará recebeu, até agora, 805 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, são 652 mil da CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e 153 mil da Oxford/AstraZeneca, do laboratório AstraZeneca e da Universidade de Oxford, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).




Distribuição - As doses serão distribuídas à Capital e aos municípios do Interior imediatamente nesta quarta-feira (10), seguindo o plano de logística elaborado pelo Governo do Estado, operacionalizado pela Sesa. Com seis rotas de distribuição aérea e duas terrestres, a estratégia tem o objetivo de garantir a conservação e agilidade no envio dos imunizantes para as 22 Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS), responsáveis por articular a entrega do material junto à Secretaria de Saúde de cada Município Cearense.





Os imunizantes serão destinados para aplicação da primeira e da segunda dose em profissionais da Saúde e idosos a partir de 75 anos, grupo que está na primeira fase do Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde.

Vacinômetro - Em todo o Ceará, 508.274 mil doses de Vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas até terça-feira (9). Um total de 369.231 mil cearenses receberam a primeira dose e 139.043 mil já foram imunizados com a segunda dose. Parte do estoque de Coronavac está reservado para a aplicação de segunda dose.